Resultado Orçamento Participativo 2019

O Executivo da Junta de Freguesia de Esgueira torna públicas, que no âmbito do Orçamento Participativo foram recepcionadas 8 propostas, listadas na parte final deste artigo.

Ir para Lista de Todas as Propostas Recebidas

Análise de Propostas

Depois de analisadas todas as propostas e por decisão unânime de Executivo, na Reunião do Executivo de 7 de agosto de 2019, apenas reuniam condições para levar a votação 3 propostas: “Olimpíadas Desportivas Escolares”; “Yoga para a Comunidade”; “Esgueira a “minha” Freguesia”. Sendo que as outras 5 não foram a votação, por incorrerem em alguns erros como:

  • Concerto Musical com os Simplii Jetzt – a proponente é elemento do grupo que propõe para o concerto;
  • As Crianças e os Barros – por incorrer em erros como: discriminatória pois não é de âmbito geral, uma vez que não contempla toda a comunidade escolar do 1º ciclo, nem todas as escolas da Freguesia, por referenciar nomes e entidades que serão da responsabilidade do executor, que é a Junta de Freguesia;
  • Ginástica Artística – por a Junta de Freguesia não possuir nenhum espaço adequado à prática do desporto;
  • Instalação de Hangares para Bicicletas em Zonas Residenciais – são propostas que deverão ser colocadas no Orçamento participativo da Câmara Municipal, uma vez que a mobilidade não é competência da Junta de Freguesia e também porque o projeto da requalificação da zona central da Freguesia está em curso.
  • Passadeiras Redutoras de Velocidade – são propostas que deverão ser colocadas no Orçamento participativo da Câmara Municipal, uma vez que a mobilidade não é competência da Junta de Freguesia e também porque o projeto da requalificação da zona central da Freguesia está em curso.

Identificação de Proponentes

De acordo com o Regulamento Geral sobre a Proteção de Dados e por não ter sido dado consentimento por partes dos proponentes das propostas para o Orçamento Participativo, não são divulgadas as suas identificações.

Resultado Final

Fechadas as votações no passado dia 30 de agosto, cumpre informar que a proposta mais votada pelos cidadãos Esgueirenses, foi: “Olimpíadas Desportivas Escolares”, que num universo de 44 votantes, obteve 18 votos. As outras duas propostas a votação: “Esgueira a minha Freguesia” e “Yoga para a Comunidade”, obtiveram cada uma 13 votos, respectivamente.

Total Votos Válidos: 44

  • 18 – Olimpíadas Desportivas Escolares
  • 13 – Esgueira a minha Freguesia
  • 13 – Yoga para a Comunidade

O Executivo da Junta de Freguesia de Esgueira irá comunicar à Assembleia de Freguesia de Esgueira a respectiva votação e irá iniciar os contactos para a realização da actividade na Comunidade Esgueirense.

O Executivo da Junta de Freguesia de Esgueira agradece a todos os participantes e congratula-se pela participação cívica dos Esgueirenses.

O Executivo

Ângela Almeida


Anexo . Lista das 8 Propostas Recebidas

1. Olimpíadas Desportivas Escolares de Esgueira

Área de Atuação: Desporto
Tempo de Execução: 9 meses
Valor da Proposta: 1.650 €
Descrição
Com o intuito de envolver as comunidades escolares de Esgueira, e simultaneamente, as associações desportivas desta freguesia, pretende-se organizar a 1ª edição das OLIMPIADAS ESCOLARES DE ESGUEIRA. A desenvolver ao longo do ano letivo 2019/2020 os principais objetivos desta iniciativa passam por:
• Promover e incentivar a prática regular da atividade física e desportiva;
• Promover o intercâmbio desportivo entre os alunos a estudar na Freguesia de Esgueira;
• Promover a integração social e o convívio das crianças, adolescentes e jovens a estudar em Esgueira através do envolvimento das associações, coletividades e comunidade em geral de Esgueira;
• Promover a concertação de atividades entre a Junta de Freguesia local, as associações locais e os Agrupamentos de Escolas existentes na área geográfica de Esgueira.As principais modalidades a desenvolver neste projeto serão as enraizadas na freguesia, nomeadamente:
BASQUETEBOL (com suporte técnico e logístico do Clube do Povo de Esgueira)
GINÁSTICA (com suporte técnico da Escola de Ginástica de Aveiro)
FUTEBOL (com suporte técnico e logístico do Associação Desportiva de Taboeira)
FUTSAL (com suporte técnico e logístico da Casa do Povo de Esgueira)
* Serão ainda dinamizadas ações pontuais no âmbito do Atletismo e do Ciclismo *
A organização das competições será elaborada em articulação com os Agrupamentos de Escolas, as associações desportivas locais e com o calendário de eventos da Junta de Freguesia, sendo destinada aos alunos do 1º ciclo (3º e 4º ano de escolaridade), 2º ciclo e 3º ciclo de ensino básico.
Os custos para esta atividade gravitam na ordem dos 1.650 € (mil seiscentos e cinquenta euros), sendo as estimativas de custos as seguintes:
Material Gráfico e de divulgação da Atividade = 150,00 €
Custos logísticos com as atividades desportivas = 250,00 €
Transportes =500,00 €
Gala Final e Premiações = 750,00 €

2. As Crianças e os Barros

Área de Atuação: Cultura
Título da Proposta: As Crianças e os Barros
Tempo de Execução: 09 meses
Valor da Proposta: 2.000,00€
Descrição
Aveiro apresenta uma forte ligação às actividades relacionadas com a cerâmica, que têm vindo a marcar de forma indelével a história, a economia, a arte, em suma, a cultura da região e das suas gentes. Por Aveiro têm passado grandes vultos de ceramistas, de pintores em porcelana e de artistas na área da azulejaria. Recorde-se as fábricas de cerâmica e toda a Arte Nova com os seus magníficos azulejos que são o encanto e admiração de todos. O riquíssimo e valioso património é hoje uma realidade reconhecida a nível nacional e internacional, constituindo um marco que tem perdurado pelos tempos. Torna-se imperioso não deixar morrer a actividade de ceramista, a fim de que se possa dar continuidade a tão importante actividade. Tanto é assim que é a própria Câmara Municipal de Aveiro, através do Senhor Presidente, Engenheiro Ribau Esteves, a ser um dos municípios fundadores da Associação das Cidades e Vilas Cerâmicas. É importante envolver os cidadãos nesta onda, dando-lhe os conhecimentos e a prática de tão nobre arte. No entanto como não se pode chegar a todos num momento, há que começar com menos, mas começar. E nada melhor do que avançar com os mais novos.
Para alcançar todo aquele desiderato apresento um projecto consubstanciado na realização de Oficinas de Trabalho, subordinado ao tema: Iniciação à Cerâmica Artística” e dirigida aos alunos da última fase da Educação Pré Escolar dos Jardins de Infância e aos alunos do 2º Ano do primeiro ciclo do Agrupamento de Escolas Dr. Jaime Magalhães Lima. A experiência tem mostrado que os mais novos aderem com muita facilidade ao trabalho em cerâmica, porquanto o barro é fácil de manusear, moldável, agradável ao tacto e que permite a todos poderem criar peças de arte do seu agrado. O processo de criação da obra de arte implica o recurso às funções cognitivas, sensoriais e motoras, desenvolvendo a imaginação, a criatividade e a motricidade fina.Recursos
Argilas
Vidrados
Pincéis
Tecos
Tábuas
Ripas
Rolos da massa
Bacias
Mufla
Iniciação á Cerâmica Artística
1ª FASE (Educação Pré Escolar)
2ª FASE (Turmas do 2º Ano do 1ª Ciclo)
3ª FASE (Turmas do 2º Ano do 1º Ciclo)
Processo
Duas Oficinas de Trabalho com a duração de 2/3 horas cada oficina e por cada turma.
1ª Oficina de Trabalho:
Explicação dos materiais e das técnicas de modelação
Explicação das técnicas decorativas
Concepção da obra
Modelagem
Criada a obra vai a secar e a cozer na Mufla
2ª Oficina de Trabalho
Decoração
Depois da vidragem a peça vai novamente à Mufla .
Possível Exposição das Obras de Arte na Junta de Freguesia de Esgueira ou na Escola
Custo do Projecto – 2000.00 Euros
Para a prossecução do Projeto, foi estabelecido um frutuoso contacto preliminar com a ACAV- Associação de Arte e Cultura de Aveiro, Associação com obra reconhecida na área de formação, a qual se dispõe a dispensar a melhor colaboração, envolvendo também os Professores/Artesãos e seus Dirigentes CARLOS CORGA DE BARROS e PURY CORGA DE BARROS.
Os custos com este Projeto destinar-se-ão, no essencial, à aquisição de materiais, à utilização do Forno Mufla da ACAV e à eventual compensação dos qualificados FORMADORES que participarão no mesmo.

3. Instalação de Hangares para Bicicletas em Zonas Residenciais

Área de Atuação: Espaços Públicos e Verdes
Título da Proposta: Instalação de Hangares para Bicicletas em Zonas Residenciais
Tempo de Execução: 12 meses
Valor da Proposta: 2.000,00€
Descrição
A utilização da bicicleta como modo de deslocação, isoladamente ou em combinação com os transportes colectivos, proporciona diversos e enormes benefícios ambientais, sociais, económicos e de saúde pública. Contribui por exemplo para uma maior eficiência de utilização e melhor qualidade do espaço público, aumento da área de influência das estações e paragens de transportes públicos, equidade social, dinamização do comércio local, redução de custos com infraestruturas, redução dos custos de congestionamentos, acalmia do tráfego em meio urbano e consequente redução do risco rodoviário para todos, redução do consumo energético e de emissões de gases nocivos, redução da incidência de várias doenças, etc.Os estacionamentos para bicicletas bem concebidos e bem localizados são um dos principais fatores impulsionadores de atração de novos utilizadores de bicicleta como meio de transporte, pois conferem níveis de comodidade e segurança acrescidos para quem precisa de deixar as suas bicicletas na via pública. Infelizmente, o roubo de bicicletas é bastante recorrente e tem um grande peso na adesão de novos utilizadores a esta forma de mobilidade activa.
Para além de uma aposta efectiva numa rede de estacionamentos para bicicletas de curta duração que sirvam edifícios e serviços públicos, zonas de comércio, entre outros, é também importante investir em estacionamento de longa duração para bicicletas, em condições de plena segurança e abrigo dos elementos naturais (https://presspage-production-
content.s3.amazonaws.com/
uploads/722/500_dsc-1459.jpg?x=1474469408160
).
Esta proposta pretende a instalação de hangares para bicicletas na via pública, em zonas residenciais de elevada densidade urbana, preferencialmente substituindo lugares de estacionamento automóvel, de forma a promover uma transferência modal do carro particular para a mobilidade em bicicleta (
https://cdn.road.cc/sites/
default/files/styles/main_
width/public/lambath-cycle-
hangar-image-cyclehoopcom.jpg?itok=vPjVpms0
). A definição dos locais de instalação dos hangares deverá ser realizada com a participação da sociedade civil, em especial através da cooperação com associações activas no concelho no campo da mobilidade urbana em bicicleta: MUBi Aveiro e Ciclaveiro.
A MUBi disponibilizou há alguns meses a ferramente Cidade Ciclável (https://cidadeciclavel.mubi.pt/) que poderá contribuir para o planeamento neste âmbito da instalação dos hangares para bicicletas, assim como de outras infraestruturas para o parqueamento de bicicletas.

4. Esgueira a “minha” Freguesia

Área de Atuação: Cultura
Título da Proposta: Esgueira a “minha” Freguesia
Tempo de Execução: 11 meses
Valor da Proposta: 1719,72€
Descrição
A proposta: Esgueira a “minha” freguesia, é uma proposta que visa dar a conhecer a nossa freguesia através de uma revista com texto e imagens, tanto aos fregueses como também a pessoas de outras freguesias e até pessoas fora de Aveiro. Este projeto tem como foco mostrar o trabalho feito pelas nossas associações, assim como os monumentos que estão à disposição para serem visitados na nossa freguesia, ex: ( igreja matriz, pelourinho, passadiços da ria, campos lagunares de Taboeira).

5. Passadeiras Redutoras de Velocidade

Área de Atuação: Espaços Públicos e Verdes
Título da Proposta: Passadeiras Redutoras de Velocidade
Tempo de Execução: 6 meses
Valor da Proposta: 2.000,00€
Descrição
Elevação das 2 passadeiras existentes na N230, uma entre o Centro Social de Esgueira e Centro Cultural de Esgueira e outra entre a Junta de Freguesia de Esgueira e a Praça do Pelourinho, num modelo semelhante ao que já existe na N230 a caminho de Eixo.
Esta proposta tem o objetivo de reduzir a velocidade dos veículos nestes dois pontos particulares, já que são zonas onde os veículos ganham grande velocidade colocando em perigo os peões que utilizam estas passadeiras.

6. Ginástica Artística

Área de Atuação: Desporto
Título da Proposta: Goinástica Artística
Tempo de Execução: 12 meses
Valor da Proposta: 2.000,00€
Descrição
Curso de iniciação esportiva Ginástica Artística para crianças (solo).
* Faixa Etária entre 3 anos aos 14 anos (aulas separadas por idade).Ginástica Artística ou Ginástica Olimpica.
A Ginástica Artística, conhecida também como Ginástica Olímpica é uma modalidade caracterizada por movimentos de força, flexibilidade, resistência, equilíbrio, coordenação, leveza e precisão sempre regados de muito beleza. Na ginástica feminina utiliza-se também movimentos de dança, como saltos e passos, na prova de solo utiliza-se também o acompanhamento musical, porém sem canto (palavras), somente instrumental. No masculino, os atletas não executam a parte artística de passos e dança, porém necessitam executar seus movimentos e transições com alinhamento postural bem específico incluindo as extremidades (mãos e pés).
A Ginástica também é uma modalidade caracterizada pela especialização precoce, muito discutida ainda, porém quando não se trata somente de alto rendimento, cujas exigências são mais altas, comprovasse que com a vivência e prática da modalidade, a mesma é grande responsável por aumento considerável no repertório motor de crianças. Sua prática, além de trabalhar e desenvolver as habilidades físicas, a ginástica auxilia no aspecto cognitivo e afetivo-social, pois é necessário o envolvimento com medos, desafios, raciocínio, respeito e convivência com o próximo. Trabalha-se também o aspecto educacional, impondo limites, regras, cuidados e obediência, dessa forma é modalidade cuja prática favorece ao individuo tanto desenvolvimento no esporte quanto à sua formação como cidadão.
Objetivos:
** Propor mais uma opção de desporto para as crianças após horário escolar;
** Facilitar as familias usuárias, um ambiente onde os pequenos podem esperá-los chegar do trabalho;
-FISICO/MOTOR
** Aprimorar o desenvolvimento motor infantil na faixa etária correta;
** Melhorar a performance das capacidades físicas, força, flexibilidade, agilidade,coordenação, equilíbrio, ritmo e consciência corporal;
COGNITIVO
** Desenvolvimento do Raciocínio;
** Desenvolvimento da concentração;
AFETIVO/ SOCIAL
** Encorajar as crianças, e valorizá-las sempre;
** Promover o desafio corporal;
** Trabalha-se com aspecto educacional, impondo limites, regras, cuidados e obediência;
** Respeito e convivência com o próximo.
A GA como conteúdo de não alto rendimento, não só por sua prática, mas por todos os valores utilizados em sua didática, é de extrema importância para o desenvolvimento global do indivíduo. É modalidade cuja prática favorece ao individuo tanto desenvolvimento no esporte quanto à sua formação como cidadão. Para tal a devida impotancia.
Onde:
**Espaço cedido pela Junta de Freguesia de Esgueira.
Emprego do Valor Cedido:
-Compra de matariais como:
* Colchoes Sarneige;
* Colchoes facilitadores do aprendizado;
* Banco sueco ou trave de equilibrio;
* Trampolim;
* Caixas de Plinto;
* Corda naval entre outros equipamentos…

7. Yoga para a Comunidade

Área de Atuação: Desporto
Título da Proposta: Yoga para a Comunidade
Tempo de Execução: 12 meses
Valor da Proposta: 1200,00€
Descrição
Proponho realizar praticas de yoga 2x por mês para a população.

8. Concerto Musical com os Simplii Jetzt

Área de Atuação: Cultura
Título da Proposta: Concerto Musical com os Simplii Jetzt
Tempo de Execução: 1 hora
Valor da Proposta: 300,00€ + despesas das autorizações de som
Descrição
Proponho realizar um Concerto Inimista com os Simplii Jetzt durante o mês de Agosto 2019 ou outra data a definir.Simplii Jetzt (lê-se simpli ietz) é um projeto musical que une o sonho de 2 músicos.
Sílvia Fernandes Gomes é compositora e cantora. Começou a estudar música com 6 anos, é Mestre em Música/Composição formada na Universidade de Aveiro e hoje é professora de musicomeditativa® e yoga, compositora, música/cantora.
Paulo Mota é guitarrista. Iniciou os seus estudos musicais aos 14 anos no Conservatório de Música de Aveiro e hoje é professor de guitarra e músico.
Os Simplii Jetzt definem o seu estilo musical como “uma fusão peculiar desde o smooth jazz (jazz, pop e soul), bossa nova e worldmusic.
Já lançaram o seu primeiro EP “Vai ou Vai”, que conta com os temas originais “Eu Estou Aqui”, “Tempo Só Pra Mim”, “In My World”, “Desculpa” “I Love Myself, Now” e “Estou Tão Bem”, todos da autoria da compositora Sílvia Fernandes Gomes.
Email: simpliijetzt@gmail.com
Site: https://simplii-jetzt.negocio.site/
Instagram: https://www.instagram.com/simpliijetzt/
Facebook: https://www.facebook.com/simpliijetzt/
Youtube: https://www.youtube.com/
channel/UChdS964FgfMae7j8PG2pPhQ